Cabelos Danificados X Cabelos Secos? Entenda as diferenças e como trata-los

Cabelos Danificados X Cabelos Secos? Entenda as diferenças e como trata-los

Os cuidados capilares são um dos principais segredos de beleza das mulheres. Por isso, quando os fios começam a apresentar sinais de desgaste, não medimos esforços para recuperar a sua vitalidade. Mas, antes de selecionar um tratamento, é importante descobrir a extensão dos danos do seu cabelo.

Quer saber um detalhe fundamental? Cabelos danificados e secos não são a mesma coisa. E, como muita gente se confunde com essas duas classificações, hoje vamos explicar as diferenças entre elas e os produtos mais indicados para cada tratamento.

CABELOS SECOS

Os cabelos secos apresentam cutículas abertas, o que facilita a perda de água e nutrientes da estrutura do fio. As cutículas podem estar fragilizadas por diversos motivos, como processos químicos, agressões do dia-a-dia e falta de hidratação. O aspecto ressecado e espigado geralmente pode ser acompanhado dos seguintes sinais – volume além do normal, frizz, pontas duplas e mechas embaraçadas.

Vale lembrar que a genética é um fator de peso nesse caso! Por exemplo, cabelos crespos possuem maior tendência ao ressecamento, pois o formato dos fios prejudica a distribuição uniforme da oleosidade natural  do comprimento às pontas. Da mesma forma, fios mais lisos costumam ser menos secos. Portanto, se as suas mechas são naturalmente secas, redobre os cuidados.

Para a reparação dos cabelos secos, o melhor tratamento é investir em hidratações e evitar o uso de secador, chapinha e outros equipamentos de calor até que sejam percebidas melhoras na saúde dos fios. Você pode fazer um bom tratamento com os produtos da linha FIX Pós Química, que garantem níveis de hidratação que beneficiam todos os tipos de cabelo.

CABELOS DANIFICADOS

Os cabelos danificados são ainda mais vulneráveis que os cabelos secos, pois as cutículas estão comprometidas devido à perda de massa da fibra capilar. O ressecamento é comum nos fios danificados, que também ficam extremamente quebradiços, porosos e com as pontas ralas e finas.

É possível identificar se as suas mechas estão danificadas com um teste simples – com os cabelos molhados, pegue um fio e puxe. Se ele esticar e não voltar à posição original, já prepare um tratamento de reconstrução, pois fios saudáveis possuem pouca elasticidade.

Nesse caso, você deve apostar em tratamentos repositores de massa, que são mais profundos que as hidratações. As hidratações devolvem água e nutrientes aos cabelos, no entanto, os fios danificados precisam de uma reconstrução da fibra capilar para ganhar a saúde de volta.

Procure utilizar produtos ricos em queratina, uma proteína que ajuda a regenerar e fortalecer o fio capilar. A nossa linha HQF é ideal para esse tipo de tratamento, pois confere a reestruturação total dos cabelos que passaram por stress químico e mecânico. Confira a linha completa na loja virtual.

Os produtos da linha Personal Hair também são mais do que recomendados para a recuperação de fios danificados. Eles possuem colágeno vegetal em sua composição, o que permite tratar cabelos com diferentes graus de sensibilização.

Durante o tratamento dos cabelos danificados, também é indicado aposentar por um tempo os equipamentos de calor para preservar os resultados positivos. Ainda, é válido diminuir qualquer tipo de pressão no cabelo para evitar a quebra dos fios, como amarrações, presilhas e tiaras muito apertadas, além de escovações fortes.

Conhecendo todas essas dicas para os cabelos secos ou danificados, temos certeza que você está pronta para restaurar a vida dos seus cabelos e sair arrasando por aí!

Por Beatriz Dias de Moraes

2 Replies to “Cabelos Danificados X Cabelos Secos? Entenda as diferenças e como trata-los”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *